News


Warning: get_object_vars() expects parameter 1 to be object, null given in /home/leonardo/public_html/prontuario-medico/components/com_community/libraries/core.php on line 604

Blog Prontuário Médico

Medicina 2.0, Prontuário online e TI; Software médico; Pagamento por perfórmance; Valor em saúde.

Set 06
2010

De quem é o prontuário? Do médico ou do paciente? De outros profissionais de saúde?

Postado por: Leonardo Alves em Prontuario médico - Normas

sss

MeuProntuario_De_quem_e_o_prontuario Por ser amplamente usada, a expressão prontuário médico adquiriu legitimidade. Entretanto, ela gera várias interpretações e, por isso, recebe críticas dos outros profissionais de saúde que também prestam assistência ao paciente.



A posse é do paciente, a guarda é do médico.

Essencialmente, o prontuário é do paciente. As informações que anotadas se referem ao paciente e só pertencem a ele. Portanto, o prontuário é do paciente.  A guarda do prontuário é que está sob a responsabilidade do médico e da Comissão de Prontuário.


Todos os profissionais de saúde devem preencher o prontuário.

Mesmo que a maioria das informações seja preenchida por médicos, todos os profissionais de saúde precisam fazer anotações no prontuário do paciente. Os profissionais não-médicos devem ser encorajados e estimulados a anotar todas as informações referentes ao cuidado como paciente no prontuário.

 


prontuario-significado Assim, a expressão prontuário nosológico do paciente ou, simplesmente, prontuário do paciente são expressões completas e expressivas, que podem e devem ser adotadas na área da saúde, como um todo. Aliás, prontuário do paciente é a expressão “politicamente mais adequada”.
Trackback(0)
Comentarios (3)Add Comment
0
...
escrito por José Jackson Martins, setembro 09, 2010
Caro Leonardo

Parabens pelo seu trabalho. Pretendo acompanhá-lo. Mas o que me move a mandar este comentário é a discordância a respeito da resposta que vc dá, quando afirma que o
o paciente tem a posse do prontuário e o médico tem a sua guarda.Na realidade, do
ponto de vista jurídico, a matéria é demasiadamente complexa e, seguramente não es
tá resolvida. Ocorre que, como bem sabe o caro colega, o que temos chamado de pron
tuário médico,é um cojunto de informações difusas provenientes de várias fontes, a
té mesmo enquanto produção intelectual: principalmente do paciente e do médico, as
sim como de outras pessoas que contribuam para a sua consubstanciação ideal, posto
que seja bem intangível, condição em que o conceito, especialmente, o de guarda,en
quanto instituto de direito real, sofre severas descaracterizações. Para finalizar,
até por falta de espaço, gostaria de expressar a minha convicção de que o prontuá
rio médico, desta forma, não é do médico , nem do paciente - e não apenas de ambos,
tendo, antes as características de um condomínio necessário, onde da sua proprieda
participam todos os que, de alguma forma, participam da sua formação ideal.Esta, o
riginalmente era a minha tese de mestrado, na Faculdade de Direito da Universidade
de São Paulo, e foi pela primeira vez expressad em 1997, em seminário sobre a maté
ria, havido no Centro de Convnções Rebouças, em evento que contou com a participa-
ção do Prof. Walter Ceneviva. Obrigado, Jackson Martins


0
Pertence ao paciente, mas a guarda é do médico.
escrito por Leonardo, setembro 09, 2010
Caro Dr. Jackson. Acho que a discordância inicial se deve à frase "A posse é do paciente". Realmente, a posse, ela não é do paciente. A melhor expressão seria "Pertence ao paciente..." o que não exclui que por questões de autoria, também sejam do médico. Seria semelhante a uma biografia autorizada, onde o autor ("dono do livro") publica informações sobre o "autobiografado", também dono das informações (que lhe dizem respeito).

Como disse, todos os profissionais de saúde são responsáveis pelas informações descritas no prontuário.

No ambiente do consultório particular, a guarda e a posse são do médico assistente. No ambiente hospitalar, a responsabilidade fica a cargo da Comissão de prontuário. Uma enfermeira que tem uma clínica particular de cuidados de enfermagem tem a responsabilidade pela guarda.

http://www.portalmedico.org.br...9_2002.htm

Agradeço às suas considerações. Gostaria muito de ler a sua tese de mestrado (se puder me enviar).

Leonardo Alves
0
Psuitriatria Forense e Prontuaruos medicos
escrito por Valter Simoes Deperon, maio 13, 2013

Sou medico em brasilis DF CRM-DF 2647.
Gostaria de Obter o E-mail do Dr Jose Jackson Martins, de Sao Paulo, que atua nestas areas.
Pela WEB nao consegui obter nem seu(s) E-mail(s) nem seu endereco fisico
No aguardo , agradeco

Valter Simoes Deperon

Escreva seu Comentario

busy