News


Warning: get_object_vars() expects parameter 1 to be object, null given in /home/leonardo/public_html/prontuario-medico/components/com_community/libraries/core.php on line 604

Blog Prontuário Médico

Medicina 2.0, Prontuário online e TI; Software médico; Pagamento por perfórmance; Valor em saúde.

Out 18
2010

Preciso do meu prontuário – como devo fazer?

Postado por: Leonardo Alves em Prontuario médico - Normas

sss

Existem diversas situações nas quais o paciente solicita cópia do prontuário médico. Os motivos vão desde casos nos quais os pacientes gostam de gerenciar suas informações médicas até situações de suspeita de erro médico. Como proceder, então?

 

Em todas as situações listadas abaixo, a sugestão inicial é sempre conversar diretamente com o médico assistente para que ele entenda os motivos da solicitação e possa esclarecer quaisquer dúvidas referentes ao seu ato profissional, inclusive esclarecimentos sobre um possível erro médico. Muitos dos problemas são causados porque a solicitação é feita oralmente para a secretária do médico, da clínica ou do hospital ou pela falta de disponibilidade do médico para prestar esclarecimentos. Assim, procure o médico ou o diretor clínico que são os responsáveis pela guarda do prontuário e não as secretárias.

 


Acho que meu médico errou e preciso do meu prontuário, como fazer?

Neste caso, (1º passo) converse com o médico e faça a solicitação oral, isso deve ser suficiente. Se o médico negar a cópia do prontuário, (2º. Passo) faça uma solicitação por escrito, sem precisar escrever a sua motivação. Ainda não conseguiu? (3º. Passo), envie um pedido, uma carta, para o CRM ou delegacia regional do conselho de medicina explicando o fato e solicite que o conselho médico interfira na situação: um conselheiro entrará em contato com o médico assistente e solicitará que seja entregue a cópia do prontuário, que, muito provavelmente, não será negada. Os passos sugeridos acima ocorrem na esfera da justiça médica e dentro do Conselho de Medicina, sendo, habitualmente, suficiente para conseguir a cópia.

 


Via judicial - caminho mais longo para conseguir a cópia do prontuário:

Normalmente, em situações nas quais o paciente deseja mover uma ação judicial, ele ou seu representante legal solicita a opinião de um advogado, pois prefere não conversar com o médico assistente. Assim, é comum que o advogado peça para fazer uma ocorrência policial denunciando um possível erro médico. O médico será, então, intimado a prestar informações. Se o objetivo inicial era conseguir a cópia do prontuário médico, esta via não é a melhor pois é mais longa, (apesar de efetiva), pois o médico está proibido de apresentar a cópia do prontuário para uma autoridade policial ou judicial, pois expõe o sigilo médico para profissionais não-médicos. Somente mais tarde, no andamento de um possível processo judicial é que o prontuário médico será apresentado como prova, somente para o perito médico que emitirá sua opinião sobre o possível erro; há situações em que nem mesmo o Juiz de Direito poderá ter acesso ao prontuário médico.

 

As provas de um processo judicial:

Em um processo judicial, o paciente ou seu representante legal deverá apresentar, provas de que o médico agiu com imprudência, imperícia ou negligência, além dos danos causados pelo seu possível erro. E para isso, a cópia do prontuário médico é a prova principal. O médico não pode negá-la sob risco de cometer uma infração ética; aliás, um prontuário médico legível e bem escrito é fundamental para sua defesa.

 


Sendo assim, sem ser repetitivo, aconselho conversar diretamente com o médico, por ser a via mais efetiva. Também existem outras situações em que o paciente solicita a cópia do prontuário, com objetivos não judiciais.


Leonardo Alves - CRMMG: 33.669.
Trackback(0)
Comentarios (22)Add Comment
0
Paciente falecido.
escrito por Mayara , julho 18, 2011
Olá Leonardo, primeiramente, meus parabéns pelo site que é de grande utilidade pública.
Eu acredito que houve negligencia de uma médica para em atendimentos prestados á minha avó que foi minha mãe de criação, no serviço público de saúde. Após 6 meses, aproximadamente, de queixa com a mesma médica, foi diagnosticado, em outra unidade, graças a nos familiares, que fizemos uma ultrassonografia abdominal por conta própria uma neoplasia maligna gástrica indiferenciada que a levou aos 73 anos á óbito.
Fui ao centro de saúde do bairro e solicitei o prontuário, pois precisos de todos os dados para fazer uma denúcia junto ao CRM. Porém o pessoal do centro de saúde pediu que eu fizese um pedido formal. Logo, farei a carta que você sugere, porém gostaria de saber se há uma fundamentação dentro da justiça da medicina que autoriza os familiares terem acesso ao prontuário, uma vez que a paciente veio a órbito!?
Por favor, me ajude pois isso é muito importante para mim, preciso evitar que essa médica continue causando mais dor devido ao seu despreparo para um diagnóstico diferencial.

Muito obrigado, desde já!

0
Prontuário médico por familiares.
escrito por Leonardo A.Silva, julho 19, 2011
Olá, Mayara.
Inicialmente gostaria de confortar-lhe pelo falecimento da sua Avó/mãe, 73anos, onde uma doença como o Cancer abala qualquer pessoa ou família, principalmente quando acomete um ente querido.

Seria interessante que você conversasse com a médica que atendeu à sua avó para que ela esclarecesse algum mal-entendido ou outra dúvida que você porventura tenha.

Para que você consiga o prontuário da sua Avó terá algumas opções:
1 - (a mais adequada): conversar com a médica o solicitar-lhe esclarecimento, conversando com ela... isso normalmente resolve o problema e evita transtornos para todas as partes.

2 - na hipótese de você acionar a justiça, o juiz de direito solicitará que o médico entregue o prontuário a um perito (também médico) que analisará o prontuário e emitirá seu parecer.

Perceba que nem o juiz de direito, o delegado, o advogado ou qualquer pessoa poderá ter acesso ao prontuário: somente o Médico perito (nomeado pelo juiz) e o médico que tratou a sua avó.

Portanto, você não conseguirá ver o prontuário... o sigilo, realmente, permanece além do falecimento da sua avó.

Grande abraço e conforto.

Leonardo
0
prontuario do paciente
escrito por israel alves strombini, dezembro 29, 2011
Muito esclarecedor!!!!!!
Eu estou para pedir a cópia de um próntuario de minha querida mãe.
E quero dizer, que já não estou indo sem conhecimento.O brigado!!!!
E um grande Abraço!!!!!
Até!!!!!smilies/smiley.gifsmilies/smiley.gifsmilies/smiley.gif
0
Cópia do prontuário para familiar
escrito por Joelma Pinheiro, janeiro 23, 2012
Boa Noite!

Gostaria de saber qual é o tramite para que o familiar (filho) solicite cópia do prontuário. Nesse momento paciente está em casa com dificuldades de deambular, com quadro de enfisema pulmonar. O hospital onde paciente esteve internado está solicitando uma procuração lavrada pelo cartório e com firma reconhecida do paciente.
A família compareceu ao hospital com uma carta de próprio punho, apresentou documentos originais do paciente e requerente, porém não foi possível devido apresentação da "procuração".

Desde já agradeço pela apoio.
0
Autorização (legal) do paciente.
escrito por Leonardo Alveses, janeiro 23, 2012
Olá, Joelma Pinheiro.
O hospital precisará de uma solicitação LEGAL onde há um pedido do paciente para que entregue o prontuário dele para uma determinada pessoa também identificada legalmente naquele documento.

É como se fosse, mesmo, uma procuração ou um documento que PROVE que é o paciente mesmo que está falando/escrevendo e que o paciente diga para quem o hospital deverá entregar a cópia (também identficado legalmente).

A procuração lavrada em cartório é o melhor meio... e o mais legal e isento de questionamento por qualquer pessoa... Entendo a dificuldade, pois a paciente está se recuperando de uma doença grave.

Sugestão:
Utilize o sumário de alta hospitalar. Ele está com a paciente. Apresente-o ao médico que irá acompanhá-la e ele se dará por satisfeito. Se o médico precisar de mais informações, ele ligará para o médico que a atendeu no hospital e conseguirá mais detalhes.

Se for uma questão de querer mesmo o prontuário... Deverá fazer o documento, conforme o hospital lhe solicitou.

No geral, o SUMÁRIO DE ALTA HOSPITALAR é mais do que suficiente para o médico dar seguimento ao caso. Raramente um médico deseja/precisa de "todo o prontuáro" para continuar a tratar... Vou fazer um post sobre a importância do SUMÁRIO DE ALTA para os pacientes e de como ele deve ser bem preenchido pelos médicos que acompanharam a paciente.

Abraço.
Leonardo.
0
Prazo para entrega de prontuário médico
escrito por Ana Gonçalves, abril 01, 2012
Oi,

Gostaria de saber se há algum prazo legal para que a clínica em que fiz uma cirurgia me entregue o meu prontuário. Fiz o pedido verbalmente e já por escrito, e nada...
0
Prontuario
escrito por Rose leonel , junho 03, 2012
Como faço para obeter prontuario medico de um hosp que ja fechou.O meu irmão fez uma cirurgia no esofago a 23 anos e hoje esta como mesmo problema sendo que primra ves o diagnostico que o medio deu foi ma formação e ralizou o ato cirurgico. Atualmente atraves dos esxames realizados foi diagnosticado mal de hagas e sera necesario realizar uma nova cirurgia e o medico fez a silicitação do prontuario de qdo foi realizado a cirurgia estmos desperados ele estacom esofado completamente fechado,se alimentando atraves de uma sonda e caquetico pesando 47kg.O medic disse que alem de precisar canhar peso para realizara cirurgia e nesesario saber oque foi feito na incisão crurgica ja que não foi diagnosticado ralmete verdadeiro diagnostico.
Desde já obrigada e aguardo atenciosamente a resposta.
A ideia dosaite é maravilhosa....Ass:Rose.
0
Tempo de guarda.
escrito por leonardoas, junho 03, 2012
Olá, Rose.
Como você deve ter lido no post sobre Tempo de Guarda do prontuário, http://www.meuprontuario.net/p...co.html...

O hospital é obrigado a armazená-lo por 20anos e a cirurgia foi feita há 23anos.
Muitas vezes o hospital não faz o descarte do prontuário, pois não tem um controle destes documentos para saber se já completaram 20anos...

No seu caso, a situação piora, pois o hospital fechou! Passe a saber com o diretor clínico da instituição, para onde foram os prontuários dos pacientes de lá - esta informação também está no CRM.

Sobre o seu irmão: bom seria se conseguisse encontrar o prontuário para ajudar aos médicos, mas não fique tão desesperada, pois os médicos de hoje possuem meios de fazer o diagnóstico e tratar o seu irmão mesmo sem esta informação... provavelmente, mesmo que não saiba o que foi realizado no passado, o médico irá tomar as medidas mais necessárias para tratar o seu irmão.

Não é pela ausência do prontuário que o seu irmão deixará de tratar e receber um excelente tratamento, ok?

Grande abraço.
Leonardo.
0
ProtuarioMedico Pericial Junto Ao INSS
escrito por SERGIO ANTONIO RODRIGUES , outubro 15, 2012
Ola!

Eu fiquei de licença medica por 5(cinco anos)em seguida mim aposentaram. hoje estou precisando do protuario medico pericial junto ao INSS! Tem alguma lei que determina o mesmo a mim entregar tal dogumento sem ser atravez de um harbudata?

Att,
Sergio Antonio Rodrigues

0
Negligência Médica.
escrito por Géssica, outubro 31, 2012
Boa Tarde Dr. Leonardo, primeiramente quero elogiar pelo site voltado à esclarescimentos e lhe contar a história do meu pai. Ele teve um acidente na fazenda, o estirão da corda que amarrava o bezerro no tronco bateu na perna dele, na região anterior ao joelho, na articulação. Ele recebeu atendimento rápido em um hospital do interior, foi avaliado por um ortopedista, que constatou deslocamento da patela, assim realizou a redução e encaminhou-o em seguida para um vascular, devido a diminuição de sensibilidade no pé, o vasculou avaliou e encaminhou com urgencia para Goiânia, que fica a 220 Km da cidade, pra que fosse avaliado com urgencia, por no interior na oferecia suporte pra realizar exames, ele veio para a capital de Goiás trazido pelo SAMU, já com um pedido de ultra-som do membro inferior, ao chegar em Goiânia ele foi diretamente pra um laboratório realizar o exame solicitado, e em seguida pra um Hospital X, onde deu entrada já com o laudo da ultra-som que dizia ter um "hematoma comprimindo a arteria", nesse hospital ele foi atendido por um ortopedista, especialista em joelho, o mesmo constatou rompimento de tendões e ligamentos, assim meu pai foi atendido e internado neste hospital em uma quarta-feira, o médico que o atendeu viajou já na quinta, e avisou a minha mãe que estava acompanhando meu pai, que o mesmo passaria por uma nova avaliação na segunda-feira, e deu ordem de imobilização do membro. Meu pai ficou sob a responsabilidade de residentes, minha mãe sentia que tinha algo estranho, pois o pé do meu pai estava diminuindo a temperatura a cada dia, e ele não tinha sensibilidade nenhuma, da mesma forma que não tinha também nenhum movimento. Como também moro no interior, fui visitar meu pai somente no sábado de manhã, e ao chegar percebi mesmo o pé dele muito gelado, e já com alguns flitemas na perna, na região do joelho, e com perfusão periféria prejudicada e pulso poplíteo não palpável, me desesperei, e solicitei o prontuário para ler ali no momento, onde não tive dificuldade nenhuma em conseguí-lo, (aah, esqueci de dizer que sou enfermeira), então vi no prontuário que o médico assistente, havia solicitado ainda na quarta-feira, avaliação do vascular com urgência, e já era sábado e meu pai não havia sido avaliado por nenhum vascular, havia também no prontuário o relatório do enfermeiro responsável dizendo que o vascular só teria disponibiidade na segunda-feira e que o Dr. "fulado" (médico assistente) estava ciente. Encontrei então com uma enfermeira (antiga conhecida), que trabalhava ali, relatei o caso à ela e a mesma me aconselhou a procurar um vascular que eu mesmo conhecia, que ela o liberava pra avaliar meu pai, porque o único vascular contratado pelo hospital estava viajando e só retornaria na segunda, liguei pra uma amiga enfermeira que trabalha em um outro hospital na cidade (no qual eu também já havia trabalhado) e pedi pra ela o telefone do Dr. "beltrano" (um vascular que eu conhecia), conseguimos entrar em contato com ele e dentro de 20 minutos ele já estava lá no hospital para avaliar o meu pai. O Dr. "beltrano" solicitou com urgencia uma arteriografia digital, a qual seria feita no hospital onde ele mesmo trabalhava, então, nós familiares decidimos que iriamos tranferí-lo, conseguimos atraves da enfermeira que eu conhecia uma tranferencia médica para esse hopital Y, assim ele foi tranferido por uma ambulancia (particular); Não foi possível a passagem do cateter, e a tentativa de angioplastia também fracassou, dessa forma foi necessário levá-lo para o centro-cirúrgico, para detectar o problema e tentar resolvé-lo, assim foi detectado secção da artéria e da veia poplítea, e realizado o enxerto na arteria com mais ou menos 15 cm da safena, e também uma fasciotomia. Tudo isso ainda no sábado. Após tudo isso ele foi direto pra UTI, foi quando começaram as complicações, os músculos começaram a necrosar e a taxa de potássio começou a aumentar, foi realizado um desbridamento, ele começou a ter febres constantes, e os músculos continuaram a necrosar, a ferida drenava muito exsudato e tinha mau cheiro. Resutado: Meu pai teve que amputar a perna, na região distal da coxa. Talvez tudo poderia ter sido evitado se meu pai tivesse recebido atendimento vascular a tempo, naquele Hospital X. E é pra que isso não aconteça com outras pessoas que queremos abrir um processo contra esse hospital. Só que agora estamos tendo muita dificuldade em conseguir o prontuário, eles também querem essa solicitação por escrito, mas além disso, eles precisam de um prazo de 3 dias úteis pra entregar e do pagamento de uma taxa de 25 reais, o que eu achei muito estranho, o que sugere o pagamento dessa taxa??! Aah e no hospital Y onde meu pai está internado no momento eles também não me deixam ver o prontuário, isso me intriga demais, tem alguma lei que sugere o sigilo do protuário nesse caso do meu pai??!
0
dúvidas
escrito por Raylton Lopes, janeiro 25, 2013
Em primeiro de tudo quero parabenizar-lhes pelo site, e em segundo lugar queria se possível tirar uma dúvida bastante peculiar com os senhores, sofri um acidente de trânsito no dia 02.12.2012 vindo a fraturar meu antebraço esquerdo, fui socorrido por populares para o Hospital Local de minha cidade fui atendido pelo profissional de medicina plantonista que diagnosticou a fratura e fui submetido ao tratamento específico, dias depois voltei ao hospital para solicitar uma cópia de meu prontuário para poder ingressar com o pedido de indenização de seguro DPVAT, porém fui informado na recepção do hospital que eu só poderia fazer o procedimento 20 dias após o acidente, e que seria feito da seguinte maneira, passado se os referidos 20 dias eu teria que voltar ao hospital apenas para marcar esse laudo, ou seja, teria que solicitar o mesmo e aguardar um prazo em torno de 20 ou 25 dias para que eu pudesse ter acesso ao mesmo, aí começa o problema, pois agi da forma que me foi imposta, porém ao chegar ao referido hospital para fazer a tal marcação, mais uma vez fui surpreendido, pois me foi informado que o hospital disponibilizava apenas 15 fichas diariamente para solicitação desses laudos e que as 15 fichas já teriam sido preenchidas e que caso eu quisesse me encaixar nessas 15 fichas para o dia seguinte eu teria que chegar por volta de 01:00 da manhã para ficar na fila para ser atendido a partir das 07:00 da manhã. Quero saber se esse procedimento é correto ou se posso recorrer a alguma autoridade para receber esse laudo, se posso favor me responder citando por qual lei sou assistido. Certo da compreensão dos mesmos. Grato!
0
Besteira, nada do que vi aqui é a letra da lei. Reter documento é crime e se chamar a policia vão dar flagrante.
escrito por Dr thiago, fevereiro 02, 2013
se alguem se negar a fornecer o pronturio, pode acionar a Policia e dizer que estao retendo documento e isso é crime. Diga que vai voltar com a policia que dará flagrante e vai levar preso.
0
prontuario
escrito por adriana , abril 09, 2013
pedir o prontuario da minha filha ao hospital e querem me cobrar uma taxa nao que eu nao quero pagar mas podem cobrar se o prontuario pertencem ao paciente desde ja agradeços
0
...
escrito por LUIS ALUBERTO SANTOS SIUVA, abril 21, 2013
PRESIZO VER OPONTUARIO DE LUIS ALBERTO SANTOS SIUVA
0
pedido de prontuario de goiania p o piaui
escrito por dineia, maio 22, 2013
como faço p conseguir o prontuario da minha mae q faleceu no hc em goiania e eu estou no piaui,por onde começo pq nao tenho ninguem em go. p fazer o pedido pessoalmente...
0
Prontuário negado pelo hospital
escrito por jacira , junho 08, 2013
Prezado Leonardo,
Gostaria de ajudar uma pessoa que tem dificuldade de acesso a informação. Ela é costureira no meu bairro e o marido dela faleceu faz 1 mês, com óbito de pneumonia global (ela disse que foi devido a essa gripe). O marido tinha um seguro de vida, e a seguradora precisa do prontuário para poder efetivar o procedimento do pagamento do seguro e o Hospital Cepaco está se negando. Como ela deve proceder?
obrigada pela ajuda!
Jacira
0
Apenas o Atestado Médico é suficiente.
escrito por Le, junho 10, 2013
Olá, Jacira.
Dificilmente a sua colega conseguirá o prontuário médico...
Nenhum médico dará este prontuário para nenhuma Seguradora de Saúde.

O ATESTADO MÉDICO é mais do que suficiente para o pagamento do SEGURO. Habitualmente, as Seguradoras (algumas delas), com interesse de ATRASAR a entrega do prêmio, ficam pedindo o prontuário - sabendo elas que o cliente NÃO CONSEGUIRÁ.

Sugestão, Levar atestado de óbito e fazer um protocolo de entrega do mesmo junto à Seguradora, idealmenete com uma cartinha exigindo o prêmio.

Caso ela não consiga, procure a ajuda de um advogado com experiência em Seguros.
Abraços.
0
Preciso de copia do meu prontuario
escrito por Alcides Herrera Contrera, fevereiro 01, 2014
Vou viajar para Portugal e não sei se volto, faço tratamento de cancer de pele, entre outros,tenho uma cirurgia marcada para dia 17/02/14, a qual peço para cancelar, pois embarco dia 02/02/2014, o medico me aconselhou a solicitar o prontuario na minha ultima consulta dia 30/01/2014, infelizmente o setor responsavel já tinha fechado, ´pois é até meio dia, pretendo continuar o tratamento em Portugal, tem como enviar meu prontuario pelo e-mail, ou outra pessoa retirar em meu nome? Aguardo uma posição, Grato - Alcides
0
Copia do prontuário
escrito por Leo12, fevereiro 02, 2014
Olá,
Dificilmente você conseguirá esse prontuário apenas enviando um Email ou Recebendo-o por email.
Vá pessoalmente, ou peça o seu novo médico para entrar em contato com o último médico que você foi atendido - pode ser que de médico para médico, o Dr. Consiga.

Melhoras em seu tratamento.
Abraços.
0
Quero cópia do prontuário de minha mãe
escrito por Liliana Coelho, fevereiro 04, 2014
Minha mãe faleceu em um determinado hospital e no mesmo dia solicitei a cópia do prontuario,porém o médico que atestou o óbito disse que eu deveria entrar em contato com a ouvidoria do hospital e solicitá-lo aguardando por um período de 05 dias úteis.Não concordei e retornei ao hospital 03 dias depois e outra médica veio me dizer que é preciso fazer uma carta de próprio punho reconhecida em cartório para que eles possam me entregar o documento.Por favor preciso saber se esse procedimento está correto e como lá o prontuario é online não seria só imprimir uma cópia e a entrega imediata? Ou será que o hospital quer ganhar tempo para modificá-lo?
0
prontuario
escrito por Angela Paula Ferreira, fevereiro 05, 2014
O medico da filha de 6 anos faleceu e ela fazia uma serie de tratamento com ela,e ela era paciente dele desde que nasceu, fui pedir a copia do prontuaria e a clinica me informou que só será fornecido com ordem judicial,o que fazer?
0
Tenho direito ao meu prontuario?
escrito por Lêda Lopoes Felix, julho 10, 2014
Ola, fiz uma laqueadura a dez anos e pelo que me recordo eu não assinei nada ate porque eu nao queria fazer essa laqueadura, entao meu ex marido tomou a decisao por mim,agora quero muito o meu prontuario e todos os papeis que dizem por mim foram assinados para ter certeza do que fiz, sera que consigo e o que devo fazer para conseguir. muito obrigado...

Escreva seu Comentario

busy